Recanto das Bitches

Fórum dedicado ao membros antigos do Vocaloid Portugal, Cute Girls, Shibuya e o grupo Bonde das Maravelhas.
 
InícioInício  PortalPortal  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [V] Sebastian Valentine

Ir em baixo 
AutorMensagem
Kin
Tia das Bitches
Tia das Bitches
avatar

Mensagens : 31
Data de nascimento : 26/02/1994
Data de inscrição : 23/02/2014
Idade : 24
Emprego/lazer : Jogando Bravely

MensagemAssunto: [V] Sebastian Valentine   Seg Mar 17, 2014 10:18 am

Nome: Sebastian Augustus Valentine

Idade: 23 anos

Origem: Blackthorn - Banlea

Profissão: Músico (atualmente desempregado)

Personalidade: Sebastian de modo algum pode ser lembrado como alguém de personalidade forte, talvez seja sua amabilidade que o faça ser lembrado por alguns. Gosta de fazer as coisas de maneira simples apesar de que a maneira como foi criado faça parecer sempre que esta floreando o que quer que seja. Mais atencioso que a maioria dos homens de sua idade e muitas vezes mais romântico, isso vez com que ele tivesse uma boa quantia de fãs em sua cidade natal, porém agora tenta transparecer esse seu lado o menos possível. Seu o ver na rua provavelmente o encontrara tocando ou afagando um gato de rua, ajudando uma velhinha talvez.


Aparência: Algumas pessoas são brancas ao que podemos dizer de “se apertar um pouquinho fica um roxo que durara o resto do mês” ou algo como “que fica corado por qualquer coisa”, bem ser assim não é exatamente culpa dele. Quando estava em sua época mais bem cuidada seus cabelos era de um loiro dourado, porém agora isso é difícil de acontecer já quanto a sua forma, bem ele esta o melhor possível para alguém que tende sobreviver a com duas refeições por dia ou talvez uma. Os olhos possuem um tom âmbar claro que algumas pessoas chamam de “olhos de gato”, sua altura é mediana.


Biografia: Nascido em uma família de classe alta o garoto foi criado em meio a mimos e exageros mas pode-se dizer que foi uma infância comum para as pessoas de posse. Quando entrará na adolescência seu pai conseguiu atingir a meta máxima de sua vida, tornar-se Presidente de Banlea, isso tornou a vida do garoto um pequeno inferno particular, sendo obrigado a melhorar no que o pai achava que estava errado, mas ele nunca reclamou enquanto era arrastado de evento em evento ouvindo discurso sobre o trabalha do pai e em transformar o filho no próximo presidente.

Assim foram dois mandatos, oito anos, de ouvir o pai o promovendo, não que sua personalidade ajudasse a afastar a admiração de alguns e a repulsa dos esquerdista que ralhavam com cada coisa que o jovem resolvia fazer até mesmo tirar um gato de um lugar alto se tornava algo heroico de maneira exagerada.

Então aos seus 18 anos e o ultimo da carreira de seu pai, foi quando ele sumiu, bem não exatamente sumiu. Era a noite do seu primeiro comício, obrigado pelo pai a fazer, já tinha lido o discurso duas vezes e podia jurar que o sabia de cor. Mas aquilo estava errado sempre sentiu que estivesse, não queria fazer isso, queria uma vida sossegada em algum lugar tranquilo e com toda certeza Banlea não o esqueceria. Seria mais fácil esquecer a cidade, caso fosse sair do pais.

Juntou algumas peças de roupas e algum dinheiro saindo de casa sorrateiramente com a mala em mãos seguiu direto para o porto aéreo. Já tinha feito viagens diplomáticas com o pai então possui visto para todos os países, agora viria uma decisão difícil. Para onde ir? Sabia perfeitamente que não sobreviveria uma semana em Rothai, não conseguia gostar de Mystradir sendo assim só sobrava Valoria o que era muito arriscado, mas já tinha se arriscado o suficiente, se demorasse muito os seguranças do pai apareceriam. Com o passaporte em mãos pegou o primeiro voo para Valoria, sem volta.

Ao chegar nas cidade com o dinheiro que tinha roubado, só agora isso veio lhe a mente, conseguiu uma pequena casinha no subúrbio, nada bonito ou luxuoso. Passou os dias fagando pelas ruas atrás de um emprego, mas para falar a verdade tirando em ser afável não era bom em mais nada e o dinheiro ia se acabando…

Foi quando por acaso salvou uma velhinha de ser atropelada que ele ganhou seu acordeon, era do falecido marido dela e a senhora queria agradecer o rapaz por ter salvo sua vida. Mas o instrumento ficou parado um bom tempo enquanto o dinheiro de Sebastian ia minguando, mas enquanto passava suas noites sem ter o que fazer ele começava a experimentar o instrumentos, no começo era um verdadeiro desastre, nem dava para chamar aquilo de barulho. Um tempo depois vendo que talvez o acordeon fosse sua única maneira de ganhar a vida ele procura novamente a senhora, com ela consegue algumas partituras e anotações do falecido. E pouco a pouco Sebastian engaja em sua vida de musico tendo as praças como palco.


Photoplayer: Rib - Nico Nico Singer

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://96kin.tumblr.com/
 
[V] Sebastian Valentine
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Recanto das Bitches :: Bravely Rise :: Administração :: Fichas-
Ir para: